©2019 by Editora Diário Macabro.

REVISTA DIÁRIO MACABRO

Uma antologia de contos de autores brasileiros

REVISTA DIÁRIO MACABRO N. 01

01/2017

A DM 01 foi lançada no ano de 2017 dando o pontapé inicial para a editora. Essa edição apresenta 7 contos originais e uma tradução. A seguir, os autores: Leandro Henrique Cerquiari,  Eduardo Antonio Bonzatto, Nathalia Sorgon Scotuzzi, Marco Antonio Amaral, 
Marcos Tadeu Mageste, Rochett Tavares, Vanessa Cezarin Bertacini e Robert E. Howard, em tradução de Nathalia Scotuzzi. A capa é assinada por Aline Finkler.

REVISTA DIÁRIO MACABRO N. 02

02/2017

A DM 02 foi também lançada pela primeira vez no ano de 2017 e apresenta um amadurecimento no trabalho da editora. Seus 9 contos, mais densos e profundos, trazem aos leitores sensações diversas e intensas. Seus autores são: Flávio Nigro, Felipe Teodoro, Vitor Abdalla, Rodrigo Kmiecik, Fidel Correia Borges, Daniel Dutra, M. da Fonte, David Loffti e H. Beaugrand, em tradução de Luisa Vital.  O volume traz também uma entrevista exclusiva com Rubens Francisco Lucchetti, grande nome do horror pulp brasileiro. Capa por Aline Finkler.

REVISTA DIÁRIO MACABRO N. 03

03/2018

REVISTA DIÁRIO MACABRO N. 04

04/2018

Entrando no ano de 2018 lançamos a DM 03, com capa de cores fortes feita por Thiago Motta e contos mais uma vez incríveis. O entrevistado da vez foi André Vianco, maior nome da literatura vampiresca no Brasil. Os 13 autores que participam dessa edição são: Marcos Tadeu Mageste, Anne Demeneck, Fábio Aresi, Rubens Pereira Junior, Jorge Martins, Alfredo Alvarenga, Leandro Cerquiari, Rainer Pompermayer, Wellington Novaes, Hélder Brinate, Rui Bastos (primeiro autor português a publicar na revista), Pedro Teixeira e M. P. Shiel, em tradução de Daniel I. Dutra e Nathalia Scotuzzi.

Com uma capa de tirar o fôlego feita por Wildner Lima, a DM 04 encerrou o ano de 2018. Repleta de ilustrações, essa edição traz uma entrevista deliciosa de se ler com a grande Giulia Moon e 15 contos. Seus autores são: Diego Mendonça, Patrícia F. Montenegro, David Leite, M. da Fonte, Karolina S. Marinho, Juliane Vicente, Rodrigo Ortiz Vinholo, Rodrigo Kmiecik, Robson N. Santos, Monaliza Silva, Douglas Bock, Nathalia Scotuzzi, Pedro Diniz, Avu Lossehëlin e Horacio Quiroga, em tradução de Felipe Teodoro.

05/2019

2019 foi recebido com essa capa sensacional, feita novamente por Aline Finkler. Ela traz novamente ilustrações incríveis, além de uma entrevista com o artista de quadrinhos Ikarow. Em um total de 13 contos 1 história em quadrinhos, temos os seguintes artistas: Fábio Aresi, Paulo Gravina, Charlitto Ogami, Bárbara C. Oliveira, Igor Moraes, Rodrigo Reis, Marlon P. Silva, Ricardo Seelig, Rafael Beltrame, Julierme Rabello de Souza, Gregory Polo, Kelly Amorim, André Martuscelli e William Hope Hodgson em tradução de Mimi Zanetti.

REVISTA DIÁRIO MACABRO N. 06

06/2019

REVISTA DIÁRIO MACABRO N. 05

Encerramos 2019 com outra capa incrível de Aline Finkler. Nessa edição, contamos com uma entrevista com Cláudia Lemes, escritora de terror e thriller policial, além de um quadrinho de Leander Moura. São  13 contos originais e uma tradução por Mimi Zanetti, Os autores são: Fábio Aresi, Marcello Trigo, Thadeu Fayão, Vinicius Lucas de Souza, Cid Fernandez, Sandrini Matyas, Viviane Rocha, Lucas Viapiana Baptista, Anne Demeneck, J. D. Vollet Filho, Rainer Pompermayer, Igor Cabrardo, Pedro Pilati e Stephen Vincent Bénet.

ANTOLOGIAS TEMÁTICAS

MANICÔMIO SALGUEIRO

Organizada por Babi Lacerda e Igor Paiva

Manicômio Salgueiro: uma antologia Diário Macabro reúne contos de diversos autores, divididos em duas linhas temporais: o manicômio durante o início do século XX, época em que foi destruído por um incêndio, e durante o início do XXI, após sua reconstrução.
Entre histórias que dão voz a pacientes, funcionários e visitantes do manicômio, a antologia joga com diferentes versões possíveis do que acontecia por lá: abuso médico, pactos diabólicos e até viagens no tempo fazem parte dessa lista.

O CASO FYLO-MEDUSA

Organizada por Charlitto Ogami e Marcos Tadeu Mageste

Uma nova droga no mercado promete ser a grande atração de uma festa em uma fábrica abandonada. A Fylo-Medusa é o assunto na boca dos jovens, que só querem ter uma noite de diversão. Entretanto, a manhã seguinte ao evento revela-se devastadora: pessoas desaparecidas, pessoas mortas, pessoas confusas. O que teria acontecido naquela noite? Estaria a droga envolvida nesse acontecimento?

Em O caso Fylo-Medusa você está convidado a conhecer 17 diferentes pontos de vista acerca dessa fatídica noite. Mas tome muito cuidado em quem você irá confiar.

OBRAS ORIGINAIS

Romances e coletâneas de contos de novos escritores brasileiros

ISTO NÃO É UM LIVRO DE RECEITAS (Leandro Henrique Cerquiari)

“Isto não é um livro de receitas” fala de comida, é fato. Mas não se engane, você não vai aprender a fazer um belo cozido ao folhear essas páginas... bem, talvez você aprenda a cozinhar alguém. Quem sabe? Nesta coletânea você encontrará contos que explicitam as bizarrices da vida, em suas mais variadas facetas. Com histórias que flertam com o fantástico e o sobrenatural e outras que fazem transparecer o que escondemos debaixo dos panos, instiga aquele mistério que sentimos sempre que algo fora do comum acontece. Ou será que você nunca teve vontade de empurrar alguém para dentro do forno?

TODA NOITE É UM ABISMO (Felipe Teodoro)

O que acontece quando a noite engole um homem? O que acontece quando percebemos que o abismo nos cerca e que não há escapatória? O ser humano carrega em si luz & trevas - e há tempo para ambas.
A noite e seus escuros não estão apenas do lado de fora, nas calçadas, ruas e vielas, mas também dentro dos nossos corações, dentro das nossas almas. Traumas, paranoias e cicatrizes muitas vezes são o caminho para um lugar escuro, onde monstros sem nome dormem e aguardam o tão esperado despertar. 
Todo ser humano também é noite, toda existência também é abismo. As 12 histórias que compõe esse livro abordam essa relação, brotam de um estranhamento, de um anoitecer: o evento-chave no qual corpos e paisagens são engolidos pela escuridão, são mergulhados em abismos e assim dão voz ao desconhecido, o maior e mais temido medo humano. "Toda noite é um abismo" e, quando você perceber isso, nunca mais será o mesmo

RELANCES VERTIGINOSOS DO DESCONHECIDO: A DESOLAÇÃO DA CIÊNCIA EM H. P LOVECRAFT (Nathalia Sorgon Scotuzzi)

Nos últimos (poucos) anos, a pesquisa acadêmica dos estudos literários abriu seus olhos para o escritor H. P. Lovecraft: a produção de pesquisa sobre o autor em muito aumentou, e o compartilhamento dessa produção com o público geral é algo que não pode ser deixado de lado. 
"Relances vertiginosos do desconhecido: a desolação da ciência em H. P. Lovecraft" é uma dessas produções. Dissertação fruto de uma pesquisa de mestrado, chega aqui em sua versão adaptada para sua leitura em formato de livro.
Esta é a primeira obra acadêmica a ser publicada pela Diário Macabro. Esse texto é o resultado da pesquisa de mestrado de Nathalia Sorgon Scotuzzi, na qual a autora analisou a presença e papel da Ciência dentro da obra do escritor norte-americano H. P. Lovecraft.

PHOBIAFILIA (Preto Pasin)

Copos de cerveja, pessoas fantasiadas, umbigos, relógios, mariposas, espelhos, estátuas, pregos, demônios, deuses, céu e inferno: estes são alguns dos elementos, dentre uma extensa lista, que podem causar repulsa ou pavor em pessoas que sofrem com algum tipo de fobia.
Phobiafilia é uma composição de narrativas visuais que descrevem a sensação de medo gerada por uma determinada fobia. Neste conjunto de 32 artes você acompanhará, junto ao protagonista, uma dessas fontes de horror a cada página. Tudo fruto da mente de Preto Pasin.

O CORVO (Leander Moura)

O poema “O corvo” (The Raven), do escritor norte-americano Edgar Allan Poe (1809–1849), foi publicado pela primeira vez em 1845, no New York Evening Mirror.

O texto conta a história de um homem que, assustado com as memórias de uma mulher morta, chamada Lenore, recebe a visita, à noite, de um corvo. Admirado pela linguagem musical e pelo teor metafísico, o poema ganhou traduções de expoentes da literatura, como Baudelaire, Fernando Pessoa e Machado de Assis.

Nesta versão em quadrinhos, o texto renasce e reverencia a obra original, dando-lhe lirismo e uma boa dose do horror gótico. Essa edição conta, também, com uma série de ilustrações de outros poemas e contos do autor.

QUADRINHOS

TRADUÇÕES

Buscamos trazer ao Brasil traduções de textos inéditos ou pouco conhecidos no Brasil que tenham a ver com nossa linha editora: terror e/ou fantástico.

O ENIGMA DE OUTRO MUNDO (John W. Campbell)

Na Antártica, uma equipe de exploração descobre sob o gelo muito mais do que imaginava. Em uma nave de outro planeta, repousa uma criatura bizarra de cor azul e braços tentaculosos. A curiosidade faz com que a descongelem, mas logo se arrependem. A criatura está viva e possui a capacidade de se transformar em outros seres vivos. O clima de tensão e paranoia se instala entre os exploradores de forma intensa. Afinal, será que a pessoa ao seu lado é realmente quem parece ser?
O enigma de outro mundo é a obra original que inspirou o filme de mesmo nome dirigido por John Carpenter, nos anos 80, além de outras obras cinematográficas ao longo das décadas. Agora, você tem em mãos a primeira tradução ao português dessa obra de horror e ficção cientifica que é leitura obrigatória a todos os fãs do gênero.

WIELAND, OU A TRANSFORMAÇÃO (Charles Brockden Brown)

Wieland, ou a transformação é o primeiro romance gótico escrito nos Estados Unidos, lançado em 1798.

Atualmente, estamos trabalhando em sua primeira tradução ao português do Brasil!

Mais informações em breve.